Pense Jornal - Sua fonte de notícias na cidade de Jaraguá do Sul

Terça-feira, 23 de Julho de 2024

Notícias/Política

Planalto avalia retirar apoio a Alcolumbre

Foi a maneira encontrada para a vingança por falta de apoio

Planalto avalia retirar apoio a Alcolumbre
Foto Ag.Senado
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O presidente Lula (PT) tem testado a inesgotável paciência do senador Rodrigo Pacheco, de acordo com fontes do Planalto, como parte de uma estratégia para desembarcar da candidatura de Davi Alcolumbre (União-AP) à presidência do Senado.

Lula nunca escondeu certa antipatia pelo senador do Amapá, em que não reconhece talento político, e se acha devedor de políticos fiéis a ele como Renan Calheiros, que sofreu derrota humilhante de Alcolumbre em fevereiro de 2019 e sonha retomar o cargo.

Alcolumbre inventou a candidatura Pacheco à sua sucessão com apoio de Bolsonaro, sob o compromisso de ser por ele apoiado em 2025.

Publicidade

Leia Também:

A história com Bolsonaro também distância Lula do projeto Alcolumbre, ainda que tenha sido lembrado da traição de Pacheco ao ex-presidente.

Lulistas criticam Pacheco pelo comportamento dúbio, tentando agradar senadores da oposição para cabalar os votos que faltam a Alcolumbre.

Lula deve liberar a bancada, até para inflacionar os acordos por votos, sem lançar candidato: tipos como Calheiros não têm apoio suficiente.

FONTE/CRÉDITOS: DP
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!