Pense Jornal - Sua fonte de notícias na cidade de Jaraguá do Sul

Segunda-feira, 15 de Julho de 2024

Notícias/Nacional

Para 61%, falar ou escrever o que pensa dá punição no Brasil

As entrevistas foram realizadas entre 27 de abril e 01 de maio deste ano

Para 61%, falar ou escrever o que pensa dá punição no Brasil
Foto Fundação 1º de Maio
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Levantamento do Paraná Pesquisas, divulgado no início da semana, aponta que a maioria da população, 61%, teme ser punida por falar ou escrever o que pensa.

Apenas 32,4% dos entrevistados pelo instituto declaram poder falar ou escrever o que pensa. Outros 6,6% se enquadram em “não sabe/não opinou”.

As entrevistas foram realizadas entre 27 de abril e 01 de maio deste ano. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais.

Publicidade

Leia Também:

Veja os números da pesquisa:

De acordo com o levantamento, a percepção de que os brasileiros não são livres para falar e escrever o que pensam é majoritária em todas as faixas etárias de entrevistados, mas entre as pessoas de 35 a 44 anos essa convicção chega aos 65,1%.

Considerando os entrevistados por sexo, 60,5% dos homens e 61,5% das mulheres também não acreditam no exercício da liberdade de expressão “garantida” pela Constituição.

Também acham que podem ser punidos se exercitarem a liberdade de falar ou escrever tanto os brasileiros com escolaridade limitada ao ensino fundamental (60,2%) quanto aqueles de formação de nível superior (62,2%).

Católicos (61% dos entrevistados) e evangélicos (64,5%) também compartilham o temor de punição por falarem e escreverem o que pensam, assim como os brasileiros economicamente ativos (61,6%) quanto inativos (60,1%).

Aqui, o detalhamento da pesquisa:

FONTE/CRÉDITOS: DP
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!