Pense Jornal - Sua fonte de notícias na cidade de Jaraguá do Sul

Segunda-feira, 15 de Julho de 2024

Notícias/Administração Pública

Jaraguá do Sul começa a usar drone para identificar focos em vistorias

Em locais de difícil acesso, a tecnologia se torna uma grande aliada

Jaraguá do Sul começa a usar drone para identificar focos em vistorias
Fotos PMJS
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Prefeitura de Jaraguá do Sul, por meio de suas Secretarias e com apoio de entidades parceiras, segue desenvolvendo ações de combate à dengue. O trabalho em conjunto busca, principalmente, conscientizar a população sobre medidas preventivas que fazem a diferença nesta luta para barrar o avanço do mosquito Aedes aegypti.

Na tarde desta terça-feira (12), por exemplo, a Secretaria Municipal de Saúde iniciou mais uma ação importante no enfrentamento à dengue: a fiscalização aérea com o uso de drones para identificar locais com possíveis focos do mosquito da dengue, ou possíveis criadouros.

A iniciativa que contou com apoio da Acijs, CDL e Policias Civil, Militar e Científica começou pelo centro da cidade, uma das regiões com maior incidência de focos e casos de dengue. Os equipamentos subiram na região do Calçadão da Marechal e captaram as primeiras imagens daquela área.

Segundo o secretário de Saúde, Alceu Gilmar Moretti, o uso dos drones vai permitir vistorias em locais de difícil acesso para os agentes de endemias, como o alto das edificações, por exemplo. “Já conseguimos ver locais com água parada e até com larvas. É uma forma de intensificarmos as fiscalizações e ampliarmos nossas ações. Vai possibilitar fiscalizar uma área maior em menor tempo”, explicou.

Com as imagens em mãos e identificando possíveis criadouros do Aedes aegypti, a Secretaria de Saúde vai entrar em contato com os proprietários desses locais para que tomem as medidas necessárias para resolver o problema. “Nossa equipe vai contatar os responsáveis e pedir providências. Caso isso não ocorra, outras medidas cabíveis podem ser tomadas”, alerta Alceu Gilmar Moretti.

Os drones são utilizados pela área de segurança pública e foram cedidos especialmente para esta ação. Um modelo (DJI Mavic 2), é usado pela Polícia Científica para levantamento de locais como acidente de trânsito e crimes ambientais o outro (um DJI Matrice), é de uso da Polícia Militar. Na ação foram operados pela Polícia Científica.

Os equipamentos têm autonomia de 25 minutos, com capacidade de fazer imagens em 4k além da possibilidade de zoom que permite a visualização de focos do mosquito. O objetivo da utilização é visualizar áreas de difícil acesso como alto de edificações além da possibilidade de fiscalizar uma área maior em menor tempo.

As vistorias aéreas vão ocorrer por toda a cidade. O cronograma de bairros está sendo organizado e será divulgado em breve.

FONTE/CRÉDITOS: Diretoria de Comunicação da Prefeitura de Jaraguá do Sul
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!