Pense Jornal - Sua fonte de notícias na cidade de Jaraguá do Sul

Terça-feira, 23 de Julho de 2024

Notícias/Política

Geller diz que demissão ‘a pedido’ foi mentira do governo

Sobre leilão do arroz, ex-secretário afirma que 'foi voto vencido'.

Geller diz que demissão ‘a pedido’ foi mentira do governo
Foto Ag.Câmara
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A audiência com o ex-secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura teve início sem a presença de governistas para apaziguar o clima de tensão que parte da oposição em relação ao governo Lula após o apelidado ‘escândalo do arrozão’.

O depoente afirmou que “foi voto vencido” diante do colegiado que reuniu  Ministério da Fazenda, Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Ministério do Planejamento e Ministério da Fazenda para decidir sobre a importação do arroz. “Eu entendi que quando fosse voto vencido, deveria acompanhar o governo”, iniciou. 

Ponto alto da audiência que segue em execução, foi o momento em que Geller detalhou a forma de sua demissão, contrariando a alegação de que ele teria sido exonerado ‘a pedido’. “Com relação a minha demissão, eu não tenho nada a esconder. O ministro Fávaro não me recebeu. Eu esperei no ministério da Agricultura. […]  Eu não pedi demissão. Está documentado. Eu documentei, via e-mail. Acusei o pedido de demissão e pedi correção, pois a demissão não se dava a pedido”. 

Publicidade

Leia Também:

Geller admitiu que se recente por se tornar o bode expiatório do governo. “Eu não devo. E, por isso, que eu fiquei chateado, sim, com o ministro da Agricultura com a forma como eu saí do governo”, disse.

FONTE/CRÉDITOS: DP
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!