Pense Jornal - Sua fonte de notícias na cidade de Jaraguá do Sul

Quinta-feira, 25 de Julho de 2024

Notícias/Justiça

GAECO catarinense apoia Ministério Público do Paraná

A ação se deu no combate a irregularidades no serviço público

GAECO catarinense apoia Ministério Público do Paraná
Foto Coordenadoria de Comunicação Social do MPSC
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) de Santa Catarina está cumprindo, nesta segunda-feira (1/7), cinco mandados de busca e apreensão nos municípios de São José, Rio do Sul, Agronômica e Braço do Trombudo. As ações são em apoio às operações "Abecedário" e "Fogo no parquinho", deflagradas pelo Ministério Público do Paraná, por meio do GAECO e do Grupo Especializado na Proteção do Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa (Gepatria), para apurar irregularidades no serviço público municipal de Guarapuava, no estado vizinho.

Veja as fotos aqui.

As investigações envolvem supostos crimes de corrupção passiva e ativa, lavagem de dinheiro, fraude a licitações e organização criminosa praticados por servidores públicos municipais. Os crimes teriam sido praticados em processos de licitações e contratos formalizados com o Município entre 2021 e 2023. Também foram cumpridos mandados de busca e apreensão nas cidades paranaenses de Guarapuava, Curitiba, São José dos Pinhais, Cascavel e Foz do Iguaçu, totalizando 34 procedimentos.

Publicidade

Leia Também:

Em apoio à operação "Abecedário", o alvo em terras catarinenses é um indivíduo residente no município de São José. Ele teria recebido valores em sua conta bancária de um grupo empresarial investigado, indicando ser possivelmente um dos responsáveis por dissimular valores oriundos de corrupção. Já a operação "Fogo no Parquinho" investiga quatro alvos na região do Alto Vale, supostamente ligados a fraudes em licitações praticadas por duas empresas.

O GAECO

O GAECO é uma força-tarefa composta, em Santa Catarina, pelo Ministério Público, Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Penal, Receita Estadual e Corpo de Bombeiros Militar, e tem como finalidade a identificação, prevenção e repressão às organizações criminosas.

FONTE/CRÉDITOS: Coordenadoria de Comunicação Social do MPSC
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!