Pense Jornal - Sua fonte de notícias na cidade de Jaraguá do Sul

Terça-feira, 23 de Julho de 2024

Notícias/Polícia

Decapitação em hospital no Ceará dá ‘palanque’ a prefeito e governador

Gestores de esquerda trocam acusações, após ex-funcionário entrar em hospital municipal e arrancar cabeça de colega de sua ex-companheira, por ciúmes

Decapitação em hospital no Ceará dá ‘palanque’ a prefeito e governador
Foto reprodução
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O brutal assassinato de um homem que teve a cabeça arrancada por um ex-servidor da saúde pública, dentro de um hospital municipal de Fortaleza, na manhã desta terça-feira (23), motivou uma troca de acusações entre o prefeito José Sarto (PDT) e o governador do Ceará, Elmano de Freitas (PT), evidenciando uma briga política dos gestores de esquerda, com viés eleitoreiro, no ano de sucessão municipal.

Nas redes sociais, Sarto apressou-se em comentar o brutal homicídio no Hospital Instituto Doutor José Frota (IJF), acusando o petista de incompetência no combate a facções criminosas e sugeriu “cumplicidade” de Elmano com o crime. Enquanto o petista avaliou a reação do prefeito como “irresponsável e oportunista”, por atribuir a facções o crime motivado por ciúmes e “criar um fato político em cima de uma tragédia”.

O governador exalta ainda que o criminoso, mesmo demitido há mais de um ano, teria conseguido entrar no hospital administrado pela gestão do prefeito usando reconhecimento facial.

Publicidade

Leia Também:

Terror na saúde pública

Antes de ser decapitado, o funcionário que não teve a identidade divulgada foi baleado quatro vezes. E outro funcionário também foi baleado e socorrido, após o crime com motivação atribuída a ciúmes que o assassino tinha de sua ex-companheira, uma funcionária do hospital, que terminou o relacionamento há três meses.

O criminoso fugiu correndo do hospital e está sendo procurado pela polícia do Ceará.

Reeleição difícil

Sarto vive dificuldades na pré-campanha pela sua reeleição, em uma disputa liderada pelo deputado federal Capitão Wagner (União), com 13,2 pontos percentuais à frente do prefeito do PDT, de acordo com o levantamento divulgado em março pelo instituto Paraná Pesquisas, registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número CE-01878/2024.

Veja as troca de farpas entre o prefeito de Fortaleza e o governador do Ceará:

O jornalista Donizete Arruda publicou os momentos de terror no hospital municipal e da fuga do criminoso.

Veja aqui:

https://twitter.com/donizetearruda7/status/1782758473463156843 

FONTE/CRÉDITOS: DP
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!