Pense Jornal - Sua fonte de notícias na cidade de Jaraguá do Sul

Terça-feira, 23 de Julho de 2024

Notícias/Saúde

Brasil tem 1.792 mortes por dengue e quase 4 milhões de casos prováveis

No 4º mês de 2024, número é maior que o dobro de casos prováveis da doença identificados em todo o ano de 2023

Brasil tem 1.792 mortes por dengue e quase 4 milhões de casos prováveis
Foto EBC
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O Brasil já tem 1.792 óbitos confirmados por dengue em 2024, outras 2.216 mortes em investigação, e já contabiliza, nesta quinta-feira (25), 3.852.901 de casos prováveis de da doença transmitida pelo mosquito aedes aegypti em todo o país, somente nos quatro primeiros meses de 2024. O número divulgado pelo Painel de Monitoramento das Arboviroses do Ministério da Saúde representa mais que o dobro de casos prováveis da doença identificados ao longo de todo o ano passado: 1.649.144.

O coeficiente de incidência da doença no país, neste momento, é 1.897,4 casos por cada 100 mil habitantes. A letalidade em casos prováveis é 0,05 e a letalidade em casos de dengue grave é 4,43.

A maioria dos casos prováveis segue concentrada na faixa dos 20 aos 29 anos, seguida pelas faixas dos 30 aos 39 anos, dos 40 aos 49 anos e dos 50 aos 59 anos. Já a faixa etária menos atingida é a de crianças menores de 1 ano, seguida por pessoas com 80 anos ou mais e por crianças de 1 a 4 anos.

Publicidade

Leia Também:

Minas Gerais ainda responde pelo maior número de casos prováveis de dengue (1.167.056). Em seguida estão São Paulo (927.065), Paraná (391.031) e Distrito Federal (232.899). Já os estados com menor número de casos prováveis são Roraima (252), Sergipe (3.053), Amapá (4.480) e Rondônia (4.715).

Quando se considera o coeficiente de incidência da doença, o Distrito Federal aparece em primeiro lugar, com 8.267,4 casos para cada grupo de 100 mil habitantes. Em seguida estão Minas Gerais (5.682,2), Paraná (3.417,1) e Espírito Santo (2.994). Já as unidades federativas com menor coeficiente são Roraima (39,6), Ceará (109,3), Sergipe (138,2) e Maranhão (138,4). 

FONTE/CRÉDITOS: ABr
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!