Pense Jornal - Sua fonte de notícias na cidade de Jaraguá do Sul

Segunda-feira, 15 de Julho de 2024

Notícias/Política

Aprovaram a urgência do “estupro tributário”, diz Zanatta .

Deputada do PL critica o avanço do projeto de lei complementar que unifica os impostos na reforma tributária.

Aprovaram a urgência do “estupro tributário”, diz Zanatta .
Foto reprodução
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A deputada federal Júlia Zanatta (PL-SC) criticou a aprovação do requerimento de urgência do PLP (projeto de lei complementar) 68 de 2024, que trata da unificação de impostos para o estabelecimento do IVA (Imposto sobre Valor Agregado) na reforma tributária.

“Aprovada a urgência do aumento da sua cervejinha, do preço do carro, ou seja: do estupro tributário. A espoliação legalizada com a desculpa de ‘fazer o bem’ e inchar ainda mais a máquina do estado, tirar poder de compra do pobre e pior: sem nem o povo saber direito o que está acontecendo”, disse em seu perfil no X (ex-Twitter).

O requerimento foi aprovado com 322 votos a favor, 137 contrários e 3 abstenções. A urgência segue o cronograma do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), que se comprometeu com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, a aprovar o projeto de lei complementar ...
Em sua conta no X, a deputada publicou quem foram os parlamentares de Santa Catarina que aprovaram a urgência.

Publicidade

Leia Também:

FONTE/CRÉDITOS: Redação
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!