Pense Jornal - Sua fonte de notícias na cidade de Jaraguá do Sul

Terça-feira, 23 de Julho de 2024

Colunas/Geral

PRECISA DE PESQUISA?

O brasileiro briga e mata pelo seu time de futebol e não dá a mínima para o próprio país

PRECISA DE PESQUISA?
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

DESDE O ANO PASSADO

Passado o primeiro semestre do “desgoverno”, afirmei:

- Houve um aumento significativo na criminalidade no Brasil.

Leia Também:

Houve reações e muitos disseram que “estava errado”.

Pois, a verdade nem demorou tanto!

Pesquisa da Quaest divulgada nesta semana aponta a seguinte realidade:

83% da população do Sul do Brasil notaram crescimento

81% da população do Sudeste notaram crescimento

79% da população do Nordeste notaram crescimento

No cômputo geral, a percepção do aumento no crime é da ordem de 79%

Mas nem precisei de pesquisa para constatar isso!

NARCOESTADO

Venho alertando há tempos que o Brasil está se transformando num narcoestado e nos mesmos moldes de Bolívia, Venezuela e outros.

Não produzimos, mas já somos um dos maiores exportadores de cocaína para o mundo.

Os tentáculos das organizações criminosas se expandem e já atingiram os mais diferentes segmentos.

Corrompem com facilidade, afinal de contas, o dinheiro é farto e não paga impostos.

Querem um exemplo de que estamos jogados às traças?

Em 2024, a GLO – Garantia da Lei e da Ordem – em Portos e sob a tutela da Marinha do Brasil não encontrou nenhuma droga e ninguém foi preso.

E você acredita que as drogas deixaram de ter os portos como locais de escoamento?

A “ação” da Marinha – desde sua implantação – já custou R$ 24,8 milhões aos cofres públicos e prendeu 14 pessoas, ou seja, praticamente nada.

E O BRASILEIRO, O QUE FAZ?

Nada! Assiste impávido!

O brasileiro (salvo raríssimas exceções) é o sujeito que neste momento está preocupado com os amistosos da Seleção Brasileira de Futebol.

Permanentemente, a derrota do seu time é mais importante do que a situação do país.

Brigam e matam por uma derrota do time para o qual torcem, mas não estendem o olhar para o que está acontecendo no país todo.

É de ficar impressionado!

Ou então, acessam as redes sociais e postam acontecimentos da Ucrânia, Rússia, Estados Unidos, mas não falam nada sobre o Brasil.

Há frouxos, os que tremem de medo só de imaginar a possibilidade de responder a um processo federal.

Há os isentões: preferem fingir ou escolhem agradar a todos.

Vergonhoso!!

RUMORES

Informações de bastidores vindas da capital do Estado (Florianópolis), alguns integrantes do MDB já falam em “apear do governo Jorginho Melo – PL”.

Motivo? Os avanços do partido do governador em busca de filiações e envolvendo emedebistas em todo o Estado.

Segundo se fala, o partido precisa retomar o protagonismo dos seus “tempos áureos” sob a batuta de Luiz Henrique da Silveira.

Sejamos sinceros:

- A trairagem correu frouxa dentro do MDB em 2022 e as velhas raposas foram protagonistas...

São os mesmos que agoira estão reclamando e falam em “protagonismo”.

Entregaram o partido de bandeja, aceitaram o papel de coadjuvante, mas mudaram de ideia e querem mudar as regras no meio do jogo.

FONTE/CRÉDITOS: Redação
Comentários:
Sérgio Peron

Publicado por:

Sérgio Peron

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

Saiba Mais

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!