Pense Jornal - Sua fonte de notícias na cidade de Jaraguá do Sul

Terça-feira, 23 de Julho de 2024

Colunas/Geral

O BRASIL PARA OS RICOS E O BRASIL PARA OS POBRES

Grupo de apoio à formação do Partido Conservador do Brasil foi criado em Jaraguá do Sul/AMVALI

O BRASIL PARA OS RICOS E O BRASIL PARA OS POBRES
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

PAÍS SÉRIO?

Fique devendo num banco com uma pendência atrasada em uma semana para ver o que acontece!

Além das notificações por mensagens no seu telefone, ligações perturbadoras, dias depois, a ameaça de negativá-lo (a) no SPC – Serviço de Proteção ao Crédito, SERASA er o raio – será líquida e certa.

Leia Também:

No entanto, as dívidas interplanetárias, sempre encontram um apoiador.

Leio, releio, repito a leitura 100 vezes e continuo estarrecido:

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, decidiu liberar a empreiteira Novonor, antiga Odebrecht, de realizar pagamentos do acordo de leniência de R$ 3,8 bilhões firmado em 2016 com o Ministério Público Federal (MPF) no âmbito da Operação Lava Jato. O montante serviria para compensar danos do esquema de corrupção denominado “petrolão”, que a própria empresa confessou ter operado em 49 contratos com o poder público, principalmente com a Petrobras.

A decisão impede o repasse de alcançar um montante de R$ 6,7 bilhões, ao final duas décadas, com correção monetária. E ainda autoriza a empreiteira a acionar a Procuradoria-Geral da República (PGR), a Advocacia-Geral da União (AGU) e a Controladoria-Geral da União (CGU), para reavaliar todos os acordos de leniência firmados e corrigir “ilicitudes e dos abusos identificados”, praticados por autoridades do sistema de Justiça.

Estamos falando de bilhões e de confissão.

Que país é esse?

ACHA QUE ACABOU?

Vi – também estarrecido – o novo Ministro da Justiça e Segurança Pública Ricardo Lewandowski tecer “loas” ao desencarceramento, política do coitadismo e das vítimas da sociedade, culpa do colonialismo e outras bobagens.

Algo que soa como:

- Cometa crimes! Você não será preso! Somos contra!

Vou lembrar ao Ministro Lewandowski que seus argumentos não passam de falácias, típicas dos lacradores, os que querem agradar a minoria do ódio contra os que não pensam da mesma maneira.

Joaquim Barbosa, ex-presidente e ex-ministro do STF e de quem nunca fui fã por questão de escolhas e daquela fuga espetacular quando foi sondado para ser candidato ao cargo de Presidente do Brasil, apesar da filiação ao PSB.

Ah! Vocês não se lembram?

Em 6 de abril de 2018, filiou-se ao Partido Socialista Brasileiro (PSB), com intenção de concorrer a eleição presidencial de 2018, porém, em 8 de maio de 2018, declarou em rede social que não seria candidato a presidência por motivos estritamente pessoais.  No início de 2022, Barbosa decidiu pela desfiliação do partido.

Este homem possui uma história admirável, espetacular, cheia de conquistas, brilhante.

Não se baseia na minha condição de restrições, o impeditivo de admirar a trajetória do ex-ministro.

Pai pedreiro e mãe dona de casa, passou a ser arrimo de família com 16 anos com a separação dos pais.

Família desestruturada não seria motivo para “mais uma vítima da sociedade”?

Que nada! Foi gráfico do Jornal Correio Braziliense e terminou o segundo grau, sempre estudando em colégio público.

Foi buscando por seus esforços, suas lutas.

Chegou ao mestrado e doutorado, ambos em Direito Público, pela Universidade de Paris-II (Panthéon-Assas) em 1990 e 1993. 

Quero lembrar ao Lewandowski, caso ele tenha esquecido:

- Joaquim Barbosa, preto, pobre e nunca foi vítima.

GRUPO FORMADO

Está formado, desde a última sexta-feira, o Grupo de Apoio para criarmos o Partido Conservador Brasileiro.

O grupo abrange a região da AMVALI – Jaraguá do Sul, Guaramirim, Schroeder, Corupá e  Massaranduba.

No grupo sediado em Jaraguá do Sul vamos criar subgrupos para a microrregião.

Neste momento, o objetivo é de “apoio à formação do Partido Conservador”.

Não se trata de filiação partidária.

O Partido Conservador está mobilizado no Brasil inteiro e com uma procura espantosa.

São tantos interessados que superlotam os grupos estaduais em poucos minutos.

Quando isso acontece, os novos integrantes são direcionados para suas regiões e solicitada a saída do grupo Estadual para que cedam o lugar para outras pessoas.

Assim, novos entram e saem, cada um recebendo a informações sobre lideranças de grupos nas suas regiões – que por sinal – já possuem lideranças em municípios.

Com calma e com prudência, vamos adiante.

Para saber mais, veja a entrevista do Presidente Nacional do Partido Conservador para a Rádio Auriverde de Bauru.

Assistir no YouTube, clique no link:

https://www.youtube.com/watch?app=desktop&v=rVLFOoBmSmo 

Comentários:
Sérgio Peron

Publicado por:

Sérgio Peron

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

Saiba Mais

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!