Pense Jornal - Sua fonte de notícias na cidade de Jaraguá do Sul

Quinta-feira, 25 de Julho de 2024

Colunas/Geral

O BRASIL ASSISTE ESCÂNDALOS NO PRIMEIRO ESCALÃO DO GOVERNO FEDERAL

A população de bem está se cansando de ver a cultura da bandidolatria

O BRASIL ASSISTE ESCÂNDALOS NO PRIMEIRO ESCALÃO DO GOVERNO FEDERAL
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

TUDO COMO DANTES

Quem se esqueceu ou não se interessou “pelo modus operandi” dos governos petistas na Presidência da República, fingidamente, pode dizder que nunca ouviu nada sobre o assunto.

No entanto, os escândalos envolvendo o primeiro escalão acontece desde sempre.

Leia Também:

O histórico de delitos é gigantesco.

Pelo visto, a coisa está se repetindo.

Não bastasse o caso envolvendo o Ministro das Comunicações, Juscelino Filho – com emendas para a prefeitura da irmã, asfaltamento em estradas de fazendas da família e etc. – agora surgem novos casos:

- Ministra da Saúde Nísia Trindade que destina R$ 55 milhões para a Prefeitura de Cabo Frio e em troca, o município nomeia seu filho Marcio Lima Sampaio como Secretário de Cultura.

- Ministro de Portos e Aeroportos, acusado abastecer carros da família com verba da Câmara dos Deputados, enquanto era parlamentar de abril de 2022 a agosto de 2023: pai, cunhada, irmão, esposa – todos agraciados.

O gabinete informou à Câmara ter abastecido 48 veículos diferentes no mesmo posto, gastando R$105,1 mil com combustível entre abril de 2022 e agosto de 2023.

O valor é referente a 10,8 mil litros de gasolina, 6,7 mil litros de diesel e 793,91 litros de etanol. Até janeiro de 2023, a Câmara estabelecia o limite mensal de R$6 mil para esse tipo de gasto. Atualmente, o limite é de R$9,3 mil.

Ao jornal, o ministro negou que cometeu as irregularidades, e alegou que o posto falhou “do ponto de vista contábil”.

- Três assessores da Secretaria-Geral da Presidência tiveram passagens com destino a Aracaju (SE) e diárias pagas pelo governo, enquanto o ministro petista Márcio Macedo, festejava no Pré-Caju, evento pré-carnaval que ocorre em novembro. 

A ida dos assessores à capital sergipana foi no período do dia 2 e 6 de novembro de 2023, e segundo o Portal da Transparência, custou no total R$18.557 ao erário público. As gastanças foram autorizadas pelo Ministério de Gestão e Inovação e pela Presidência da República. 

As solicitações das despesas foram feitas pelo próprio titular da pasta, com a justificativa de que servidores acompanhariam uma atividade no Instituto Renascer Para a Vida. No entanto, a agenda oficial do ministro não registra compromissos oficiais entre 2 e 5 de novembro, período da viagem. 

Nada mudou em termos de respeito ao dinheiro público.

Trata-se do modelo petista de governar.

GRANDE REPERCUSSÃO 1

Um vídeo de uma audiência de custódia que circula nas redes sociais e que foi motivo da criação de um meme muito bem produzido, mostra o retrato fiel do Brasil.

No vídeo, a juíza que recebe o custodiado de 20 anos se mostra cheia de mesuras:

- Pergunta se o bandido está com frio

- Determina que as algemas sejam retiradas

- Manda servir um cafezinho

- Repreende um servidor porque o marginal está algemado

- Manda desligar o ar condicionado

Só faltou pedir desculpas em nome do estado.

O cidadão de bem é massacrado, maltratado e tratado sem nenhuma consideração no serviço público.

Tão raro que um tratamento com o mínimo de atenção, merece elogios.

Tratar bem quem lhe paga o salário é o mínimo que se espera de um servidor público.

Mas a juíza na condição de servidora deveria – por primeiro – se lembrar das vítimas do marginal que estava em audiência de custódia.

GRANDE REPERCUSSÃO 2

De posse de um facão, o sujeito invadiu uma casa para assaltar.

Violento extremado, o facínora não se satisfez em roubar telefones celulares, joias e correntes de ouro.

Estuprou a vítima na frente da mãe, obrigando a genitora a assistir.

Tudo isso aconteceu em dezembro passado em Itajaí.

A polícia chegou a divulgar uma foto do assaltante/estuprador e orientar as pessoas sobre os riscos e a modalidade do crime que o pulha perpetrava: roubo seguido de estupro.

Após os crimes, o acusado fugia para matas das redondezas, onde se escondia.

Na quarta-feira passada (dia 10), o mesmo bandido, ainda solto, tentou atacar uma criança.

Um grupo de 10 pessoas foi até a quitinete onde ele esteve morando e o executou a pauladas.

O Brasil que permite tudo para bandidos vai começar a ver a população cansada revogar as concessões.

FONTE/CRÉDITOS: Redação
Comentários:
Sérgio Peron

Publicado por:

Sérgio Peron

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

Saiba Mais

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!