Pense Jornal - Sua fonte de notícias na cidade de Jaraguá do Sul

Quinta-feira, 25 de Julho de 2024

Colunas/Geral

Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul deveria comprar dicionários

A divisão do Brasil em três grupos

Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul deveria comprar dicionários
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

MOMENTO BRASIL 1

O atual cenário que estamos vivendo no Brasil está expondo que a população do nosso país se divide em três níveis:

- Os inteligentes

Leia Também:

- Os medianos

- E os imbecis

E também apresenta com clareza solar, o comportamento de cada grupo:

- Os inteligentes estão olhando a situação que nos encontramos com preocupação: observam a economia, o desemprego crescente, a inflação, o caminho ladeira abaixo, os erros crassos em todos os cantos, a criminalidade enfim o desgoverno.

Já os medianos nem sabem porque vivem: não entendem nada, não compreendem e para eles tanto faz, subir ou descer, não assimilam os riscos e nem querem aprender. Levam aquela vidinha medíocre.

Já os imbecilizados se manifestam: acham que está tudo maravilhoso, defendem as despesas do governo com 37 ministérios, os hotéis luxuosos nos passeios internacionais, as boquinhas nas tetas federais e acham normal que se ofereça dinheiro para deputado ou senador não investigar o governo.

Defendem bandidos e se identificam com eles.

Em qual grupo você se encontra?

MOMENTO BRASIL 2

Abaixo assinado, promovido pelo Partido Novo, apoia a instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar supostos abusos de autoridade do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A proposta é de autoria do deputado Marcel van Hattem (RS), mas conta com outros 22 co-autores, filiados ao próprio Novo e a partidos como PL, PP e União Brasil.

O link está hospedado no site do partido e já contava com 484.755 assinaturas na manhã de hoje, de acordo com a página do Novo dedicada ao abaixo-assinado. O objetivo, num primeiro momento, é obter 1 milhão de adesões.

Até agora, o requerimento de criação da CPI já conta com o apoio de mais dois deputados, totalizando 146 dos 171 necessários para instalação da comissão.

A lista dos deputados apoiadores está disponibilizada na página do partido Novo na internet.

Na descrição, o texto diz que brasileiros enxergam o STF e o TSE “como fontes de ilegalidades, inquéritos abusivos e intimidatórios, favorecimento de alguns e perseguição de outros e de decisões motivadas por ressentimentos pessoais e desejos de vingança”.

O presidente do partido, Eduardo Ribeiro, defende a criação da comissão.

“Investigar nunca é demais. A sociedade brasileira está perdendo a confiança na Justiça. Exige um judiciário imparcial, que age de acordo com a Lei”, afirmou o político.

MOMENTO BRASIL 3

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu uma decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região que estabeleceu vínculo trabalhista entre um motorista e a plataforma Cabify.

Em sua decisão, o ministro Alexandre de Moraes destacou que este assunto já foi decidido pelo Supremo, inclusive com repercussão geral. No processo, é destacado que, ao contrário do que prevê a CLT, os motoristas prestam serviço por meio da plataforma e não para a plataforma.

O Tribunal Superior do Trabalho ainda vai determina a “uniformização” pela Seção Especializada ou o Pleno. Nas Turmas há decisões nos dois sentidos, negando e admitindo o vínculo de emprego.

Se estabelecerem o vínculo, a atividade pode desaparecer do Brasil. Há estimativas de que quase 16 mil motoristas de app ficarão sem atividade econômica, o que inclui os motoboys.

MOMENTO JARAGUÁ DO SUL

Acompanhando a sessão da Câmara de Vereadores da última terça-feira, a descoberta foi o óbvia: vereadores não sabem a diferença entre as palavras “GARANTIA e PREFERÊNCIA”.

A discussão de um Projeto de Lei mostrou a importância de um bom dicionário e a necessidade, também.

Falava-se sobre os casos de mulheres que sofrem violência doméstica e a necessidade de uma atenção especial para com os filhos.

O PL da Câmara de Vereadores apontava que o município “DEVE GARANTIR” vagas em unidades escolares para crianças filhas de mulheres vítimas de violência doméstica.

Houve a intenção em outro projeto de usar o termo “PREFERÊNCIA” para tais pessoas na referida situação.

Notei que a desinformação grassou no ambiente.

O líder do governo, vereador Ronie Lux foi tentar explicar e piorou, confundiu, embolou.

VEJAMOS:

GARANTIA: substantivo feminino

Ato ou palavra com que se assegura o cumprimento de obrigação, compromisso, promessa etc.

PREFERÊNCIA: substantivo feminino

Ação de preferir, de escolher um entre outros, possibilidade legal de passar à frente dos outros; prioridade.

Dá para notar a diferença?

Outra coisa:

Criança em situação de vulnerabilidade não é responsabilidade do Poder Executivo e sim, do Ministério Público e com relatórios do Conselho Tutelar, ocorrências policiais e etc.

Mas a ignorância é tanta que, sequer olharam as questões legais e logística.

Vou dar exemplo:

Uma mulher é agredida no bairro A e seus 5 filhos (como citaram, mas sem mencionar preservativos) são matriculados na unidade educacional do referido bairro.

E caso ela resolva se mudar para outro bairro?

E se não houver vagas?

E se mudando para um terceiro bairro?

E se não houver escolas nas proximidades?

O QUE RESTOU PROVADO?

Que os vereadores – mais uma vez – não sabiam o que estavam votando e a intenção clara foi jogar para a torcida.

Leitura, dicionário e compreender o que se vota.

Nem o líder do governo soube explicar e se mostrou “totalmente por fora”.

Sugiro ao Presidente do Legislativo Luís Fernando Almeida (MDB), a aquisição de dicionários para a Casa de Leis.

FONTE/CRÉDITOS: Redação
Comentários:
Sérgio Peron

Publicado por:

Sérgio Peron

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

Saiba Mais

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!