Pense Jornal - Sua fonte de notícias na cidade de Jaraguá do Sul

Segunda-feira, 15 de Julho de 2024

Colunas/Geral

AS MANIFESTAÇÕES DE AGRICULTORES CHEGA À UNIÃO EUROPEIA

Os "ingredientes"do caldeirão eleitoral em 2024 e 2026

AS MANIFESTAÇÕES DE AGRICULTORES CHEGA À UNIÃO EUROPEIA
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

NADA MAIS IMPRESSIONA

A censura nas redes sociais está mudando de nome aqui no Brasil.

São duas vertentes:

Leia Também:

A primeira: a plataforma deixa de entregar os conteúdos alegando que “checadores independentes” apontam que a informação é “imprecisa”.

Não se encorajam em dizer que “não é verdadeira” porque se trta da mais pura verdade e a tal “imprecisão” é a verdade que interesses inconfessáveis, pretende.

Daí, a plataforma deixa de entregar o conteúdo revelador.

A segunda: ferir as diretrizes da comunidade.

Trata-se de um argumento “mequetrefe” e que serve para qualquer coisa que “nào agrade aos ocupantes do Poder”.

Argumentam e sem mais explicações ou justificativas.

É a censura velada que ganhou outras denominações e contornos.

Em breve e isso não levará muito tempo, a manifestação só poderá ser feita se for elogiosa.

Ou tomamos uma atitude drástica ou a “vaca irá para o brejo”.

O PIOR DE TUDO

Pior do que a censura é vermos que a grande maioria não está se dando conta disso.

Até comentários são censurados nas redes sociais.

As pessoas estão perdendo a liberdade e não se dão conta disso ou na melhor das hipóteses, sabem, mas praticam a aceitação pura e simples.

Não há reação, não há contestação.

Seguem rumo ao altar onde serão imolados e de modo silencioso.

Quando se derem conta não haverá como retroceder.

FALTA AQUILO ROXO

Matéria do Jornal A Gazeta do Povo do Paraná trouxe a seguinte chamada, ontem:

AGRICULTORES EUROPEUS COLOCAM TRATORES NAS RUAS CONTRA AS POLÍTICAS LOCAIS E CLIMÁTICAS DA UE

Trata-se da reação dos que produzem alimentos contra as políticas impostos pelos governos dos seus países e da União Europeia que incluem medidas econômicas, ambientais e comerciais que, segundo eles, ameaçam a sobrevivência do setor no continente europeu.

Tratores, caminhões e outros equipamentos estão bloqueando estradas, prédios públicos e até fábricas.

A foto em destaque na capa é da manifestação na França.

Recente, a paralização ocorreu em toda a Alemanha.

Aqui no Brasil, a informação é de que “a safra 2023/2024 terá uma redução substancial” por dificuldades e medidas impostas pelo governo.

O resumo da ópera ficará assim: menos ofertas – mais preços.

Haverá substancial aumento nos preços dos alimentos (aliás, já estamos vendo isso nos supermercados, apesar do negacionismo dos idiotas de plantão ou outros que acham que isso é muito bom).

O povo vai pagar (se puder) ou entraremos numa vertente de “regime alimentar forçado”.

Mas voltando ao título anterior: seguem para o altar da imolação e silenciosos.

APOSTAS NAS MESAS

As conversas dos cafés, além dos assuntos triviais e muito deboche, também giram em torno do processo eleitoral de 2024.

Aqui em Jaraguá do Sul, o tema mais entusiasmado é “sobre quem conseguirá a reeleição” dos atuais 11 vereadores (embora não se saiba se algum vai desistir da tentativa).

Tudo vai depender do partido, comunicação e trabalho realizado no mandato.

Na minha participação da prosa no sábado, relembrei (de modo geral):

- As eleições de 2026 estão lincadas de modo intrínseco com o pleito de 2024.

- Teremos duas vagas para o Senado em 2026

- Teremos a disputa pelas vagas na Assembleia Legislativa de Santa Catarina

- Teremos a disputa pelas vagas na Câmara dos Deputados

- O Governador Jorginho Melo (PL) tentará a reeleição, salvo um acidente de percurso. Para isso precisará compor com outros partidos.

- O MDB deverá lançar candidato ao cargo majoritário em 2026.

Junte tudo isso num caldeirão e veremos que não são decisões fáceis e nem solitárias.

Serão reuniões, costuras, projetos e muita água para passar por baixo das pontes de 2024 e 2026.

Assim sendo, o desenho mais provável é que a Câmara de Vereadores jaraguaense tenha renovação de algo em torno de 50%.

Sobre a majoritária?

Deixemos para amanhã.

FONTE/CRÉDITOS: Redação
Comentários:
Sérgio Peron

Publicado por:

Sérgio Peron

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

Saiba Mais

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!