Pense Jornal - Sua fonte de notícias na cidade de Jaraguá do Sul

Terça-feira, 23 de Julho de 2024

Colunas/Geral

A GERAÇÃO PERDIDA

As boquinhas do governo

A GERAÇÃO PERDIDA
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

REFLEXÃO IMPORTANTE

Aquele fato lamentável ocorrido numa escola de Cambé no Paraná e que vitimou dois adolescentes ceifando suas vidas, merece uma reflexão mais aprofundada.

Existem dois aspectos fundamentais:

Leia Também:

Primeiro: o jovem que cometeu os assassinatos seria esquizofrênico.

Como falamos ontem, a esquizofrenia é uma doença que a ciência não identificou o gatilho e até o presente momento, tudo ainda está na base de suposições do tipo: pode ser isso, pode ser aquilo, pode ser genética, ou seja, não há certezas.

Sabe-se apenas que uma pessoa acometida de tal problema, entre outras coisas, perde a noção da realidade.

O segundo ponto: temos uma geração que está sendo formada sem regras!

É muita permissividade para se cobrar responsabilidade, depois.

Não há como querer fechar depois de soltar demais.

Hoje em dia, o que se aprende é que porte de drogas serve apenas para consumo e não pode ser penalizado.

Que o menor que vende drogas é apenas uma vítima da sociedade e não um iniciado pelo traficante.

Estamos vendo uma geração que tem dúvidas se é do sexo masculino ou feminino.

E o que acontece? É uma geração suicida, homicida, depressiva e que vive num mundo distante de valores.

É um futuro que tem tudo para ser desastroso.

EXEMPLOS EM CASA

Vem de tempos a afirmação:

“O exemplo vem de casa”.

Nos dias atuais, a preocupação de muitos pais está muito mais “focada no ter do que ser”.

Falta tempo e as pessoas não fazem questão nenhuma de tê-lo.

Falta diálogo, boas conversas, convívio, avaliações, enfim, todos os procedimentos com o condão de possibilitar que “alguma coisa não está correta”.

Falta Deus, sim!

Falta a crença num Ser Superior, falta o hábito de orar.

Há quem não entenda dessa forma e acaba se transformando em testemunhas de tragédias.

Vivemos um tempo onde os pais “querem se livrar dos filhos” e oferecem do celular ao vídeo game.

Tudo para evitar o envolvimento no cotidiano.

Os resultados? Já sabemos...

OS HÁBITOS

A nomeação de uma contadora do PT para o Conselho da Itaipu binacional e com uma boquinha de R$ 30 mil por mês, no mínimo, nos mostra que “os hábitos continuam os mesmos e em alguns casos nem as moscas mudaram”.

O governo federal está preocupado em “arranjar uma teta para algum apaniguado” e o povo que se vire para pagar a conta.

Vamos para o sétimo mês da administração petista sem um único projeto para o país.

Ficam olhando no retrovisor e preocupados em comparativos com o governo anterior.

Não conseguem olhar o futuro e nem apresentar projetos.

O que vemos é uma reedição do que já deu errado, mas que insistem e persistem nos mesmos erros.

A aproximação do Brasil com ditaduras, também é um sinal de que dias piores ainda virão.

Há quem insiste em não ver, alienados ou esperançosos na partilha do butim.

FONTE/CRÉDITOS: Redação
Comentários:
Sérgio Peron

Publicado por:

Sérgio Peron

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

Saiba Mais

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!