Pense Jornal - Sua fonte de notícias na cidade de Jaraguá do Sul

Quinta-feira, 25 de Julho de 2024

Colunas/Geral

A CORRUPÇÃO NO GOVERNO LULA É APENAS UMA QUESTÃO DE TEMPO

E tem a Casa de Leis que quer ignorar a Lei

A CORRUPÇÃO NO GOVERNO LULA É APENAS UMA QUESTÃO DE TEMPO
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

E A LEI NA CASA DE LEIS?

Recentemente um fato me chamou a atenção: a situação – que se não é irregular – é precária – da procuradoria da mulher na Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul.

Não há nenhuma preocupação com a Lei Geral de Proteção de Dados das pessoas que buscam atendimento na tal Procuradoria.

Leia Também:

Parte das informações estão nos telefones celulares das vereadoras Nina Santin Camelo do PP e Sirlei Schapo do partido novo, o que é irregular e não oferece nenhuma segurança para as pessoas que já estão em situação de vulnerabilidade.

Não há um protocolo formal de atendimento, falta padrão no atendimento, as informações sobre as pessoas são armazenadas de forma caótica, não há um ato oficial de termo de consentimento , ou seja, vazando os dados, ninguém será responsabilizado.

E já se registrou manifestação de resistência para a devida regularização.

Mas na Casa de Leis, onde se fiscaliza o cumprimento das normas legais, as referidas vereadoras são contra que se cumpra – exatamente – as Leis?

CALOTE À VISTA

Com chegada prevista para o dia 26 deste mês, o presidente argentino Alberto Fernández vai visitar o Brasil pela quarta vez desde que o presidente Lula (PT) foi eleito.

Com economia destruída e inflação de 100%, Fernández pretende o aval do Brasil para obter um empréstimo bilionário, que dificilmente pagará, junto ao banco do Brics. Oficialmente, ele vem discutir entrada da Argentina no “banco do Brics”.

Lula negocia um financiamento para empresários brasileiros que exportam para a Argentina, apara ajudar o país. Devido às baixas reservas em dólares do país vizinho, os exportadores têm dificuldades para receber pagamentos. Com o financiamento, o governo brasileiro pagaria aos exportadores e a Argentina pagaria ao Brasil posteriormente. 

Será mais um calote para o Brasil e os brasileiros pagarão a conta, podem apostar

FUI PESQUISAR

Por curiosidade, resolvi pesquisar o “Custo Caminhoneiro”, o quanto custa ser dono de um caminhão e fazer frete.

São os chamados custos fixos diretos e os dados são de 2020.

O primeiro susto: um caminhão adquirido por 300 mil em 5 anos valerá 120 mil a menos.

Aí o caminhoneiro ainda tem: licenciamento, seguro obrigatório, IPVA, taxa de vistoria do tacógrafo e despachante.

Seguro do casco do caminhão.

Acrescente: pneus, mecânica, peças de reposição, combustível, pedágios, refeições (ainda que ele faça, precisa comprar), os banhos, na maioria das vezes cobrados.

Não vamos falar da ausência de casa, mas vamos falar em riscos:

Durante o ano passado, foram registrados mais de treze mil crimes de roubos de cargas no Brasil, ou seja, em muitos casos a vida por um triz – se é que não a perderam.

Fiz o levantamento superficial para meu conhecimento e para tapar a boca de alguns adestrados idiotas que nem se dão ao trabalho de ler.

IMPRESSIONANTE

Fico abismado quando observo a ignorância reinante no Brasil.

O país caminhando a passos largos para a derrocada e algumas pessoas insistindo em defender a bandidagem que grassa pelo país.

O governo continua distribuindo cargos na esperança de obter sustentação no Congresso Nacional. Acontece que “os preocurados” não almejam apenas cargos no segundo ou terceiro escalões! Eles querem a fatia do bolo na distribuição de recursos, verbas aqui e acolá, sem falar no “orçamento secreto”, distribuído à mancheias e tão criticado em passado recente.

Querem o resumo da ópera?

Anotem:

“O governo descambando para rios de corrupção será apenas uma questão de tempo”.

FONTE/CRÉDITOS: Redação
Comentários:
Sérgio Peron

Publicado por:

Sérgio Peron

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

Saiba Mais

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!